Como funcionam as CALs para Windows Server

Como funcionam as CALs para Windows Server

Se a sua empresa tem um servidor com Windows Server no ambiente, é de extrema importância a leitura desse artigo.

CAL (Client Access License) em uma tradução livre significa licença de acesso ao cliente ou no jargão de TI simplesmente CAL de acesso, ela é necessária quando há um servidor com o sistema operacional Windows Server no ambiente, apesar de haver versões do sistema e utilizações em que a aquisição de CALs é dispensada, na maioria das redes a CAL é necessária para homologar o ambiente como legal (livre de pirataria).

Com o aumento de ações anti-pirataria em pequenos negócios (leia nosso post sobre esse assunto), o tema tem se tornado uma preocupação recorrente em gestores e proprietários de empresas, porém, infelizmente em um projeto de conformidade e legalização do ambiente de TI, raramente a necessidade de CALs é levantada, muitas vezes sendo inclusive assunto desconhecido por grande parte dos fornecedores de TI, que lembram apenas das licenças de sistema operacional e aplicativos como Office, AutoCAD e Corel colocando em grande risco seus clientes.

Tipos de CAL

Primeiramente é importante compreender o que é uma CAL. Este tipo de licença fornece o direito de acessar, a partir de equipamentos clientes (computadores, notebooks, smartphones e thin clients), produtos, serviços e tecnologias presentes em sistemas operacionais e aplicações instaladas nos servidores (com sistema operacional Windows Server) da rede. Em termos práticos, se na empresa há um servidor com o sistema ERP da empresa onde 08 desktops e 02 notebooks acessam o mesmo sistema compartilhado, já existe a necessidade de 10 CALs de acesso.

Inicialmente, dividimos as CALs em dois categorias de licenciamento:

  • Por usuário: a licença fica associada a um usuário, licenciando aquela conta de usuário independente do equipamento cliente em que a mesma esteja configurada.
  • Por dispositivo: a licença fica associada a um equipamento, licenciando aquele equipamento independente de qual usuário esteja utilizando.

Exemplo: Se 30 estações de trabalho acessam um servidor com Windows Server 2016 Standard com 40 usuários trabalhando nesses equipamentos (alguns usuários trabalham meio período revesando o mesmo equipamento), a melhor solução de licenciamento de CALs é a empresa adquirir 30 CALs de dispositivos para o Windows Server 2016.

O nosso foco nesse post são apenas as CALs destinadas a sistemas Windows Server, Exchange Server e Sharepoint Server também utilizam CALs de acesso, mas seguem uma linha diferente. Observando apenas o Windows Server temos dois tipos de CALs:

  • CAL de acesso: Uma CAL (Client Access License) de acesso dá ao usuário ou equipamento o direito de acessar recursos do servidor, sejam sistemas compartilhados, arquivos/pastas ou impressoras.
  • RDS CAL: Licenças de acesso para cliente dos Serviços de Área de Trabalho Remota (RDS CALs) são necessárias para que cada dispositivo ou usuário se conecte a um servidor Host da Sessão da Área de Trabalho Remota (Host de Sessão de ATR), essas licenças são geridas pelo servidor de licenciamento de área de trabalho remota (Licenciamento RD), antigamente chamado de licenciamento de serviços de terminal (Licenciamento de TS). Um ambiente comum em que se aplica esse tipo de licença é uma rede com thin clients ou conexões remotas diretamente no servidor.

Quando a CAL é necessária?

Se no servidor com Windows Server há qualquer sistema que seja acessado por equipamentos clientes, e ainda a versão é a Standard ou Enterprise (para 2008, 2012 e 2016) é obrigatória a aquisição das CALs, é importante apenas verificar com o fornecedor de TI qual o tipo e categoria de CAL mais adequados.

Há alguns sistemas para servidores da Microsoft que isentam a necessidade de aquisição de CALs de acesso até uma quantidade específica de usuários, são eles Windows Server 2016 Essentials, Windows Server 2012 Essentials, Windows Server 2012 Foundation e Windows Server 2008 Foundation, o mesmo se aplica para as versões R2 desses sistemas.

Sistemas na verão 2003 ou anterior já foram descontinuados por isso não mencionamos, as versões Web, Datacenter ou Itanium são destinadas a grandes servidores, datacenters ou clusters, o que não é o uso dos nossos clientes por isso também não mencionamos.

Nos valores de hoje uma CAL de acesso de dispositivo para Windows Server 2016 está saindo R$179,00, lembrando que a cotação normalmente é em dólar, o custo é relativamente barato pois é uma licença de aquisição única e não precisa ser renovada, por isso recomendamos a todos a regularização do ambiente, afim de mantê-lo protegido contra eventuais fiscalizações.

A HF Tecnologia é certificada Microsoft e parceira há 10 anos, entendemos de soluções Microsoft para pequenas e médias empresas, negócios desse porte são o nosso foco.

Recomendamos sempre um profissional ou empresa especialista em licenciamento Microsoft, com certificação e competência comprovadas na área, para acompanhar ações de regularização ou compra de licenças.

Se a sua empresa deseja ou precisa auditar licenças Microsoft, veja nossa publicação Como fazemos auditoria em licenciamento Microsoft e entre em contato conosco agora mesmo, teremos prazer em atender a sua empresa.

Atualizado em 20/07/2018 às 10:16.

Referências

  1. Como funciona o licenciamento do Windows Server 2016 – TechNet Wiki. Acessado em 13/06/2017.
  2. Saiba como licenciar o novo Windows Server 2016 – 4Partner. Acessado em 13/06/2017.

Comentários (174)

  • Wagner Ferreira Lopes Reply

    Boa noite!
    Se possível me esclareça umas dúvidas, vou montar uma rede com 8 máquinas, 2 impressoras em rede, 2 impressoras compartilhadas nas máquinas (não no servidor), um servidor com AD e dois bancos de dados SQL e Postgre. Vi que o windows server 2019 essentials me disponibiliza 25 usuários e 50 equipamentos sem a necessidade de adquirir Cals. Estaria coberto com esse sistema?
    A outra dúvida seria a seguinte, se eu quiser espelhar esse servidor fisicamente com outro servidor poderia usar uma nova licença do Windows server essentials no novo servidor que ficaria para se o primeiro parasse ele entrasse no lugar?

    3 de junho de 2019 at 19:22
    • HF Tecnologia Reply

      Olá.

      Se você utilizar Microsoft SQL esse cenário já não está ok.

      Atenciosamente,
      Equipe HF Tecnologia

      6 de junho de 2019 at 10:27
  • Davi Fiusa Reply

    Olá, parabéns pelo artigo:

    Dúvida, as licenças CAL são números de série, chaves a serem adicionados ou algo semelhante que realmente “destravam” o servidor pra um número X de usuários ou é apenas uma questão documental pra que eu fique de acordo com as leis de anti-pirataria?

    Em resumo se eu tenho 20 CAL’s de acesso e eventualmente o servidor receber 25 acessos ele ira “travar” estes 5?

    23 de maio de 2019 at 23:03
    • HF Tecnologia Reply

      Olá Davi, é uma licença que libera uma quantidade X de acessos remotos.

      Atenciosamente,
      Equipe HF Tecnologia

      27 de maio de 2019 at 17:03
  • Nivaldo Soraggi Reply

    Boa noite, tenho uma dúvida que tenho quase certeza da resposta, mas preciso da certeza….rs.

    Tenho na empresa 3 servidores e 30 usuários (servidor de arquivos, outro AD e outro Aplicação) preciso de CAL de acesso para CADA servidor, ou posso comprar apenas 30 CALS de usuário que estou em compliance com o ambiente todo?

    14 de maio de 2019 at 18:16
    • HF Tecnologia Reply

      Olá.

      A CAL é exclusiva para o servidor e não pode ser compartilhada.

      Atenciosamente,
      Equipe HF Tecnologia

      16 de maio de 2019 at 11:47
  • Fernando Oliveira Reply

    No windows server 2012 Foundation até quantos usuários podem acessar sem a necessidade de CAL? Obrigado.

    15 de abril de 2019 at 18:15
  • Rodrigo Reply

    Caros boa tarde

    Meu cenário é o seguinte :

    – 2 usuários do SUL que acessam o servidor Windows Server 2016 Standard para uso do ERP e 3 usuarios que acessam localmente para autenticação no AD e uso do mesmo ERP .
    – 1 linux como File Server virtualizado em HYPER-V nesse mesmo Server 2016 Standard . Esse File server somente os usuários locais acessam . Detalhe : esse File server esta inserido no dominio , e os usuarios o acessam com ACL criado no Windows via grupo no AD.
    Meu licenciamento é o seguinte :

    Windows Remote Desktop Services – User CAL 2
    Windows Server – Device CAL 4
    Windows Server Standard Core 2016 16

    Esta correto meu licenciamento ou o que falta ?

    Obrigado

    10 de abril de 2019 at 15:57
    • HF Tecnologia Reply

      Olá Rodrigo, para análise de estrutura quanto a licenciamento, oferecemos o serviço de consultoria.

      Atenciosamente,
      Equipe HF Tecnologia

      12 de abril de 2019 at 10:59
  • Thiago Ramos Reply

    Boa tarde!

    Num ambiente com 3 servidores Windows Server 2008, com funções diferentes, e 50 estacoes de trabalho que acessam esses servidores simultaneamente… Eu preciso de quantas CALs de acesso por dispositivo? 50 (1 CAL por dispositivo para acesso aos 3 servidores) ou 150 (1 CAL de dispositivo para acesso a cada servidor)?

    Agradeço desde já!

    4 de abril de 2019 at 14:49
    • HF Tecnologia Reply

      Olá Thiago.

      As CALs não podem ser compartilhadas ao mesmo tempo em mais de um servidor, cada dispositivo ou usuário que acessa um servidor tem que ter uma CAL exclusiva naquele servidor.

      Atenciosamente,
      Equipe HF Tecnologia

      5 de abril de 2019 at 08:14

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.