Ransomware, tudo sobre a mais temida ameaça digital (Parte 3)

Ransomware, tudo sobre a mais temida ameaça digital (Parte 3)

Já traçamos a situação atual dessa ameaça, explicamos o funcionamento e os tipos de ransomware, e agora vamos concluir esse assunto falando sobre como se proteger e diminuir riscos em seu ambiente.

Como se proteger

Pagar o resgate deve ser a última opção, mesmo após o pagamento nunca é garantida a liberação dos arquivos e o equipamento ainda pode ficar com o vírus alojado.

Fica claro como algumas variantes infectam os equipamentos através de vulnerabilidades de softwares, por isso a importância de se estar sempre com os programas atualizados (Adobe, Java, Windows e Office), é um serviço preventivo de base muito eficiente.

Há ainda muitas pessoas que afirmam que o ransomware é um problema de segurança, mas isso não é totalmente certo. Como o ransomware evolui constantemente ultrapassando a velocidade de atualização dos antivírus, é importante que camadas de segurança adicionais sejam criadas, além de um backup off-site garantindo uma recuperação eficiente em casos de desastres.

Dividimos as ações de proteção em três partes:

  1. Pré: com um antivírus gerenciado, filtro proxy de internet, firewall, antimalware e antispam no serviço de e-mail, cria-se uma barreira eliminando uma parte considerável dessas ameças, de um jeito automático e sem consumir horas técnicas de trabalho.
  2. Durante: insistimos na educação digital junto aos usuários das empresas, fazer os clientes entenderem sobre a ameaça e sua variantes, como funciona e o desafio de como se proteger. Os clientes precisam saber com os malwares se propagam e infectam os equipamentos, o que pode ser clicado ou baixado em sites e e-mails, eles precisam ser ativos frente às ameaças digitais.
  3. Pós: em um ambiente contaminado há dois caminhos, pagar o resgate e torcer para acessar os arquivos novamente ou, com um backup off-site (nuvem) acessível, atualizado e funcional restaurar arquivos e sistemas.

A abordagem proativa se encaixa perfeitamente nesse cenário, gestão do ambiente de TI, monitoramento constante, utilização de soluções de segurança e um backup eficiente podem tornar a luta contra o ransomware bem mais fácil. É por isso que os maiores especialistas em segurança digital afirmam: o ransomware pode ser vencido facilmente, só depende de nós.

Referências

  1. Ghiorzoe, Teresa Zancanelli. Ransomware: Entendendo o risco. Acessado em 17/05/2016.
  2. Muncaster, Phil. Ransomware Spikes 14% in Q1 – Infosecurity Magazine. Acessado em 17/05/2016.
  3. Baraniuk, Chris. Hospital em Los Angeles paga ‘resgate’ para hackers liberarem seus computadores – BBC Brasil. Acessado em 18/05/2016.
  4. What is Ransomware? How can I protect against Ransomware? – Datto, Inc. Acessado em 18/05/2016

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.