Provedores e hospedagem para fácil compreensão

Provedores e hospedagem para fácil compreensão

Servidores de hospedagem

O objetivo deste post é explicar o que são provedores, hospedagem de serviços web e a entidade que registra domínios, primeiramente é importante entender algumas definições:

  • Domínio: são endereços web como hftecnologia.com.br, msn.com, curitiba.pr.gov.br, eletrondistribuidora.com.br.
  • Serviços web: são serviços como e-mail, website, FTP, servidores, acesso remoto RDP etc. que ficam ligados a um domínio, esses serviços são hospedados em empresas (nuvem) ou até em servidores e computadores na sua própria empresa, não precisam estar no mesmo provedor que hospedam o domínio, podem estar em diferentes locais, basta que no local hospedeiro do domínio existam apontamentos ou registros (A, CNAME, MX, NS, TXT, SOA, SRV, AAAA etc.) para esses serviços.
  • Entidade de registro de domínio: no Brasil o Registro.BR é o único responsável pelo registro de domínios “.br” como .com.br, .gov.br, .adv.br etc, já para domínios internacionais (.net, .com etc.) há mais de uma entidade responsável como GoDaddy e Tucows Domains, essas entidades permitem apontar o domínio completo (via endereços de DNS) ou apenas serviços (via registros de DNS) para um determinado provedor ou hosting.
  • Empresa que atua como provedor: são empresas como CentralServer, UOL, Locaweb e GoDaddy, atuam hospedando o domínio e os serviços web ligados a ele como website (HTTP e HTTPS), e-mail (@), ftp (FTP) etc, permitem criar apontamentos para serviços externos hospedados em outros locais.
  • Empresas que apenas hospedam (hosting) serviços web: as mais conhecidas são Windows Azure, Amazon AWS, Google Apps, Microsoft Office 365 etc, atuam hospedando serviços específicos como armazenamento, e-mail, comunicação, websites, servidores, autenticação etc. É importante entender que eles não permitem criar apontamentos para serviços externos.

Um hosting de serviços web muito conhecido e nossa parceira é a Microsoft, em seu ambiente de hospedagem não é permitido criar registros de DNS e apontar serviços externos, porém como no Registro.BR é possível utilizar registros de DNS consegue-se, sem a necessidade da contratação de um provedor utilizar em um mesmo domínio serviços hospedados em empresas diferentes. Assim como na Microsoft, o mesmo ocorre para a Amazon, outra gigante de serviços web.

Vale lembrar que qualquer alteração de configuração no registro do domínio, seja no Brasil ou no exterior, pode levar até 48 horas para ser implementada (propagada é o termo técnico utilizado), sob risco de o domínio e os serviços web ligados a ele (website, e-mail etc.) ficarem instáveis/inoperantes neste período, por isso que qualquer alteração deve sempre ser feita corretamente e com planejamento (geralmente nos fins de semana).

Hosting X Provedor

O padrão é utilizar um provedor para hospedar o site e criar um apontamento externo dentro do provedor que redirecione a um serviço como a Microsoft, é simples mas requer conhecimento técnico a implementação dessa configuração, porém elimina a necessidade de um provedor. A HF como provedora de serviços de TI, fornece todo o apoio e acompanhamento na execução desse serviço.

Qual o melhor provedor?

Essa é uma pergunta difícil, vários itens precisam ser levados em consideração: preço, latência, país que hospeda o datacenter, rapidez e qualidade técnica do suporte, recursos (quais recursos realmente serão utilizados?), histórico de interrupções ou instabilidades, reputação e até uma possível indicação são itens que devem ser pensados.

Uma ferramenta que pode ajudar na decisão é o site Melhor Hospedagem de Sites, ele conta com um ótimo conteúdo, análises completas e avaliações de usuários. É incrível por exemplo que uma hospedagem que custe R$6,39/mês consiga ser a primeira no ranking de melhor hospedagem.

Leita também: Como funciona o registro de domínios.

Atualizado em 14/12/2017 às 08:47.

Referências

  1. Ajuda – Registro.br. Acessado em 28/05/2016.
  2. DNS e os Registros A, AAAA, NS, CNAME, MX, PTR, SOA, TXT, SRV e SPF – InfoTux. Acessado em 28/05/2016;

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.