Fim do suporte para o Windows Vista

Fim do suporte para o Windows Vista

Windows Vista

Amado por poucos (ou ninguém) e odiado por muitos, o Windows Vista, anunciado em 22 de julho e 2005 (sim, já tem mais de 10 anos!), está chegando ao fim da sua vida, mais exatamente no dia 11 de abril de 2017. O Vista ficou marcado por um sistema lento, pesado e sem grandes novidades. O problema principal é que o seu kernel veio importado do Windows XP com uma nova interface gráfica, isso deixou o sistema ruim.

Segundo a própria Microsoft “Fim do suporte se refere à data em que a Microsoft deixa de fornecer correções automáticas, atualizações ou assistência técnica online.”, é o último estágio na vida de um sistema operacional, nesse momento o fabricante deixa de fornecer atualizações via Windows Update, deixando o sistema vulnerável, obsoleto e abrindo brechas para vírus e malwares.

Há tempo alguns softwares já não rodam mais no Windows Vista, o próprio Internet Explorer, navegador padrão Microsoft, parou na versão 9. Por isso felizmente não temos clientes rodando Windows Vista mais, porém em situações em que o sistema ainda esteja presente, orientamos três caminhos a seguir:

  1. Permanecer com o Windows Vista assumindo os riscos de segurança (pior opção).
  2. Atualizar para o Windows 10 mantendo o mesmo equipamento, porém antes verificar compatibilidade entre o hardware e o novo sistema.
  3. Trocar de equipamento para algo mais novo (melhor opção).

Diferente do Windows XP que foi difícil tirar do mercado, tendo em vista o seu sucesso e explosão na utilização, o alcance do Windows Vista foi muito menor, por isso há poucos equipamentos no mercado ainda rodando o sistema. Desde 2009 com o lançamento do seu sucessor o Windows 7, todos os nossos clientes foram orientados a migrar.

Fale com o seu consultor em TI e solicite uma ação, permanecer no sistema ultrapassado com certeza é uma má ideia.

Referências

  1. Ficha informativa do ciclo de vida do Windows – Microsoft. Acessado em 25/01/2017.
  2. Windows Vista – Wikipédia. Acessado em 26/01/2017.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.