Como fazemos auditoria em licenciamento Microsoft

Como fazemos auditoria em licenciamento Microsoft

Na publicação de hoje vamos expor de forma sucinta como atuamos quando um cliente nos chama para analisar a sua estrutura de TI e verificar se os softwares Microsoft estão regularizados.

O que é

Este serviço abrange a análise de hardware e software de desktops, workstations, notebooks, servidores e equipamentos de rede da empresa, ao final emitimos um parecer no que tange ao licenciamento de softwares Microsoft (sistemas operacionais Windows, suíte Office e serviços de nuvem), expondo o que está OK e o que deve ser corrigido.

O trabalho é dividido em etapas, resumidas nos tópicos a seguir.

#1 – Inventário

Inicialmente fazemos o inventário de hardware (equipamentos) e software (sistemas operacionais e aplicativos) instalados em todos os computadores, também serão verificados dispositivos e serviços de rede (roteadores, pontos de acesso, impressoras, multifuncionais, relógio ponto, DHCP, DNS, VPN, VLAN etc.), tendo em vista que os mesmos podem influenciar na necessidade de licenças (CALs de acesso). Junto à isso o cliente deverá fornecer notas fiscais ou faturas de equipamentos e softwares adquiridos, se possível relacionando os documentos encontrados com os respectivos equipamentos inventariados.

#2 – Compatibilização

Com as informações levantadas, fazemos a compatibilização entre o que o cliente forneceu e os equipamentos relacionados. Nessa etapa, será conferido se o que foi adquirido está realmente instalado no respectivo computador.

#3 – Análise

Com os dados consolidados, serão verificados quais computadores suportam uma licença mais moderna (Windows 10 ou Windows Server 2016 por exemplo), quais estão próximos ao fim da vida útil (ciclo de vida), quais sistemas e softwares estão legalmente em funcionamento (as vezes o Windows pode estar ativado de maneira irregular em um computador) e também será examinada como a estrutura de TI do cliente pode ser reorganizada e otimizada para economizar licenças (principalmente em serviços de rede e aplicativos). Sempre com conhecimento dos detalhes em licenciamento Microsoft, observando vantagens, obrigações e detalhes de cada produto.

#4 – Parecer

Ao final na análise será fornecido um parecer com a quantidade, tipo (SKU) e preço de licenças a serem adquiridas, além de qual(is) equipamento a(s) respectiva(s) licença(s) será(ão) aplicada(s). Será explicado o porquê da necessidade da licença e quando possível propor opções como: outras licenças, manutenção da licença existente ou até a substituição do equipamento.

É importante saber que a Microsoft ou terceiros não fornecem ferramentas para identificar a chave de ativação (código único de cada licença) de sistemas e softwares instalados no computador, em alguns casos a identificação de qual licença está instalada em um determinado computador é feita visualizando os últimos caracteres da chave de ativação (Windows e Office) e comparando com a chave fornecida pelo cliente.

Alerta

Também alertamos que, durante o processo de legalização, é de extrema importância a análise, parecer e acompanhamento de um profissional e empresa capacitados e parceiros (partner) Microsoft, afim de não surgirem surpresas desagradáveis, já que os valores são consideráveis e qualquer erro cometido pode implicar em ações legais.

Somos parceiros certificados Microsoft, com experiência de 15 anos na venda de licenças Microsoft dos tipos OEM, FPP, ESD, Open (contrato por volume) e Office 365 (assinatura). Temos diversas publicações sobre o assunto em nosso site e já respondemos centenas de perguntas sobre o tema, clique aqui e veja a nossa expertise.

Se a sua empresa deseja ou precisa auditar licenças Microsoft, independente do tamanho da organização, entre em contato conosco agora mesmo, teremos prazer em atender a sua empresa.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.